23 de mai de 2016

Resenha: Base Ultimate Finish Vult

Postado por Ingrid Waack às 20:06
Oláááááááá pessoaaaaaas! Tudo bem?
Que blogueira é essa que não aparece nunca? Kkkk. Volteeeeei, internet, volteeeei! Gente, eu estava muuuito enrolada com essa história de TCC. Como isso dá trabalho... MISERICÓRDIA. Maaaaaaas, felizmente ACABOU! Então agora vamos movimentar isso aqui, não é? E hoje vamos ter resenha! EEEEEEE \o/. Corri muito atrás dessa base, comprei cor errada, depois tive que vender pra tentar comprar a cor certa, ai comprei de novo e acertei. Essa base é uma versão melhorada daquela Matte, que lançou um pouco antes. Minha cor é a 03 e ficou muito boa na minha pele. Ela possui alta cobertura, tem a textura um pouco grossa e seca muito rápido. Não tive dificuldade nenhuma de aplicar, espalha muito bem. Fiquei praticamento o dia todo com ela no rosto e não craquelou em momento algum. Por minha pele ser muito oleosa, no final do dia ela transferiu um pouco, mas bem no final do dia mesmo, durante, ela funcionou muito bem. 


Gostei muito da base e deu uma diferença absurda no meu rosto. A única coisa que eu fiquei triste é que ela só tem 26 ml, então dá aquela peninha de gastar, porque acaba muito rápido.

O último vídeo que eu gravei para o canal, eu utilizei essa base. Vou aproveitar esse post para mostrar os detalhes, porque acabei esquecendo de fazer antes kkkk. Fiz uma maquiagem neutra e que combina com tudo. 


 E o tutorial está no canal para quem quiser aprender:

E ai? Espero que tenha gostado de post misturado rs. Um beijo ♥

2 comentários:

Tina on 24 de maio de 2016 15:35 disse...

Olá Ingrid. Já ouvi a Blogueira Juliana Goes falar muito bem dessa base, mas não encontrei na minha cidade. apenas a Vult Mate. Adorei seu post. Bjo. www.uberfashionblog.wordpress.com

Ingrid Waack on 24 de maio de 2016 17:17 disse...

Encontrei a minha no site brunamalheirosshop.com.br. Na minha cidade tbm não acho nunca, prefiro comprar pela internet! Beijos ♥

Postar um comentário

 

Pronto, divei! Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos